Preconceito racial dentro dos campos de futebol durante os Jogos.

30/04/2010 15:53

Minha caixa de e-mal já está transbordando de tantos e-mails recebidos sobre este assunto, mais especificamente sobre o que ocorreu no jogo pela Copa do Brasil, no dia 15 de abril no jogo entre Palmeiras x Atlético - PR. (será que, por eu ser palmeirense!?)

De certa forma é lamentável o ocorrido, lembrando que eles são os profissionais da bola, que arrastam centenas de pessoas para os estádios num fanatismo contagiante, e fenômeno mundial.  Qualquer atitude deste profissional dentro do campo, por radiação contagia todos ali presentes, até mesmo os mais calmos. Bom! Por falar em contagiar, irradiação, me vem na mente, à terceira lei de Newton, que fala sobe a ação e reação. Não quero ser o “Advogado do Diabo”, mas sendo (...).  

Dos Fatos: O zagueiro do Palmeira Danilo, profere ao zagueiro do Atlético – PR, segundo a acusação de Manoel, que é negro, que Danilo teria cuspido em seu rosto e o chamado de "macaco" durante o jogo entre os times, na noite de quinta-feira, no Palestra Itália.

Claramente podemos observar o desrespeito pelo ser humano, pelo simples fato da cusparada na face do outro, muito menos difamá-lo chamando o de “macaco”, cujo teor trata-se de injúria racista, preconceituosa, inadmissível para qualquer pessoa, principalmente para jogadores de futebol, símbolo de um esporte nacional.

De certo que a mídia e o público em geral, até mesmo os não envolvidos com o futebol, estão dando ênfase somente ao fato “reação”, daquele princípio da terceira lei de Newton, e deixando para trás o que levou ao ataque de fúria do zagueiro do Palmeiras, Danilo a “ação” do zaqueiro Manoel, (não estou defendendo o Palmeiras, palmeirense ou Danilo, por eu ser torcedor do time. Não compactuo com qualquer tipo de agreção a vida humana e animal) só acredito que o princípio do respeito é recíproco, (vai e vem) então para se ter o respeito antes de qualquer coisa, temos que dar o respeito. Não que um erro justifique outro, não quero invocar aqui a lei de talião (“...é a lei de talião, amplamente utilizada por todos os povos antigos. Consiste em uma retaliação a algum ato praticado , onde a pena para o delito é equivalente ao dano causado, ou seja, a punição é impor ao criminoso o mesmo sofrimento causado pelo crime”. Aguiar, Renan – História do Direito 4ª Ed. – SP:Saraiva 2010 – Coleção roteiro Jurídico ) tudo isso para chegarmos a seguinte conclusão “olho por olho, dente por dente”, mas estamos deixando para trás o maior desrespeito de um ser humano que é a agreção física sem qualquer motivo, pior por algo fútil.  Subjugar alguém a injuria, difamação é sem dúvida algo que agride o ser humano em seu íntimo, mas o fazer por meio da dor física, creio que é bem pior, que foi o caso ocorrido com o zagueiro Danilo, quando recebe o soco no rosto por parte do zagueiro Manoel do Atético -PR.

Concluindo: Ambos os jogadores, têm que serem punidos. Não se pode deixar impune a "ação" de um, e a "reação" de outro.

Outras considerções:

A Terceira Lei de Newton também é conhecida como Lei da Ação e Reação. Se um corpo A aplicar uma força sobre um corpo B, receberá deste uma força de mesma intensidade, mesma direção e sentido oposto à força que A aplicou em B. As forças de ação e reação têm as seguintes características: Saber mais clik aquí

Algumas ilustrações que representam bem a lei da ação e reação, literalmente ao pé da letra...

 

© 2010 Todos os direitos reservados.

Crie um site gratuitoWebnode